Castração de gato: o porquê?

“A castração de gatos macho é o procedimento cirúrgico mais comum em Medicina Veterinária.”

Embora seja um acto médico-cirúrgico não muito complicado e com vantagens conhecidas para a saúde animal, ainda há quem tenha dúvidas quanto a castrar o bichano. Este mês vamos tentar esclarecer e desmistificar esta cirurgia.

Em que é que consiste?
Unicamente na remoção dos testículos. É um procedimento de baixo risco, que demora menos de 30 minutos e que não requer qualquer tipo de sutura. O seu gatinho estará sob o efeito de anestésicos, pelo que não terá qualquer tipo de dor associada.
É necessária medicação?
Sim. Geralmente é dado anti-inflamatório durante 1 a 3 dias. Além da acção anti-inflamatória tem também um componente analgésico que trará maior conforto ao seu gato.
Quando fazer?
A partir dos 6 meses de idade, antes de atingir a puberdade.
Porque é que devo castrar o meu gato? Existe uma panóplia infindável de razões para castrar o seu gatinho, entre as quais:
  1. Benefícios para o dono:
  • Elimina a marcação de território pela casa;
  • Elimina os comportamentos agressivos;
  • Previne as fugas de casa;
  • Torna o animal mais dócil;

      2. Benefícios para o gato:

  • Redução do risco de contrair FIV e FeLV (sida e leucemia felinas);
  • Redução do stress associado à maturidade sexual e à necessidade de se reproduzir. Se for castrado antes da puberdade nunca terá esta angústia;
  • Prevenção de lutas entre gatos;
  • Gatos não castrados têm maior probabilidade de serem abandonados devido a comportamentos sexuais desajustados, marcação de território e casos de agressividade;
O meu gato vai ganhar peso por ser castrado?
Não. A obesidade é outro mito associado à castração. A prevenção da obesidade passa pela escolha de uma dieta adequada à idade e ao estilo de vida do animal, assim como o aumento da sua actividade física.
O meu gato tem que se reproduzir antes de ser castrado?
Não. A sexualidade nos animais tem regulação hormonal e não psicológica e, por essa razão, os machos não sentem necessidade de acasalar.
Em resumo, a castração do seu gato a nível colectivo evita a sobrepopulação animal, reduzindo o número de animais abandonados que vivem sem direito a cuidados básicos e de saúde, sem o afecto de uma família, representando ainda uma ameaça para a saúde pública, nomeadamente o risco de transmissão de doenças entre animais e humanos (zoonoses) assim como o risco de ataques a animais domésticos e posterior transmissão de doenças (infecciosas, parasitárias, etc.). A nível individual, a castração do seu bichano não causa dano psicológico e pode evitar doenças graves permitindo que este viva mais tempo consigo!
Estaremos sempre disponíveis para esclarecer todas as suas dúvidas.
A equipa de Médicos Veterinários.

 

Veja também